Polícia

Jovem é perseguido e morto a tiros na zona sul de Macapá

Um crime, com características de acerto de contas, foi registrado no fim da tarde desta quarta-feira, 9, na zona sul da cidade de Macapá. Brielton Palheta Mendes, de 22 anos de idade, foi perseguido e assassinado a tiros na Avenida Inspetor Orlando Dias, no bairro Universidade.

Segundo relatos, o mesmo estava em uma bicicleta quando foi alvejado. Mesmo ferido, ele ainda correu por cerca de 50 metros, até cair morto em uma calçada. A Polícia Militar foi acionada e equipes do 1° batalhão fizeram o isolamento do local até a chegada da Polícia Científica.

Uma perícia preliminar constatou que Brielton foi atingido com um tiro na região do tórax. A bala, segundo os peritos, transfixou as axilas. “Inicialmente, descartamos que tenha sido um latrocínio. Uma vez que a bicicleta da vítima não foi subtraída. Então, ficou claro que o objeto era ceifar a vida dela”, contou o capitão Iran Costa.

Sobre os antecedentes criminais de Brielton, o oficial disse que a situação dele ainda seria averiguada. Entretanto, familiares contaram aos policiais que o mesmo era usuário de drogas. A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa (Decipe), assumiu o caso e irá investigar a motivação para o crime e tentar chegar à identidade e localização dos autores.

De acordo com informações, a família da vítima não quis registrar o Boletim de Ocorrência (BO) sobre o homicídio. O que levanta forte suspeita, suscitada no local do crime, de que Brielton teria tentado praticar um assalto e a vítima teria reagido ao roubo. A hipótese será investigada pelos agentes da Decipe.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo