Cultura

Maternidade e segurança: a importância de planejar a maternidade para evitar problemas emocionais e financeiros


Um levantamento do INVENT (Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing) aponta que, sem contar com os custos da gestação, criar um filho até os 23 anos pode custar entre R$ 2 milhões (para classes altas) e R$ 407 mil (para classes mais baixas). Boa parte das mulheres que decidem realizar o sonho da maternidade seguem a ideia de que planejar o nascimento do filho está ligado a enxoval, quando existem outros pontos fundamentais para uma gestação, parto, pós-parto. E, mesmo assim, não para por aí, existem escolas, creches, etc. 


Para Rosielle Pegado, planejadora financeira e escritora, falar sobre planejamento não rotula idade para se tornar mãe, mas proporciona atenção com a mente, o corpo e envolve saúde. “E, ter consciência de que existem fases na vida de uma criança, assim como existem fases na vida de uma mãe é fundamental. Tendo consciência destas fases, você pode mensurar o custo aproximado de cada uma e isso vai garantir uma maternidade mais equilibrada e segura. Que é o sonho de toda a mulher”, acrescenta. 


A autora explica que ao se planejar a futura mamãe se antecipa em análises o que dá uma vantagem na hora de reduzir custos. “Muitas mães me perguntam sobre quanto tempo é preciso para se organizar financeiramente para gerar uma criança. Eu sempre destaco que isso depende da situação financeira e de seu comportamento com o dinheiro. Alguns especialistas indicam que o ideal é começar o planejamento financeiro com até dois anos de antecedência do nascimento. Um prazo razoável para se antecipar com decisões e repensar comportamentos de gastos excessivos”, sugere. 


Maternidade e finanças
Para orientar às famílias quanto ao planejamento desse momento tão especial a planejadora financeira escreveu o livro Maternidade e Finanças.  O livro pode ser encontrado pela site https://loja.rosiellepegado.com/product/maternidade-e-financas/ . Dividido em 11 capítulos, a obra literária contém tópicos que tratam desde o plano financeiro para cuidados com a alimentação, rede de apoio, plano de saúde, exames e até os direitos trabalhistas desta fase.  

Quem é Rosielle:  
Rosielle é paraense, erradicada em Sumaré/SP, casada, mãe de Jovem Brenda e do pequeno Isaac. Engenheira de Formação, Mestre em Engenharia Civil, estuda Finanças desde sua estada na Alemanha, conectou-se com este estudo e fez disso sua profissão. Formou-se Coach em Comportamento Financeiro, tem como principal objetivo a disseminação do conhecimento de finanças, objetivo este que tem perseguido através da produção de conteúdo em suas mídias sociais. Estudante, Profissional, Palestrante, Educadora, Mentora, Planejadora. (Flávia Fontes)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo