Macapá

No bairro Jesus de Nazaré, casa com vários cachorros tira sossego de moradores

Na Av. Raimundo Alvares da Costa, no bairro Jesus de Nazaré, uma casa, que, segundo moradores, funciona como canil para cães abandonados e vítimas de maus tratos, tem tirado o sossego dos vizinhos que reclamam do forte odor de fezes e urina, além da presença de parasitas que vêm do local.

Há sete anos, Alberto Vidal mora ao lado do local e tem sentido na pele todos os transtornos causados pelos animais. “Já fazem sete anos que não temos sossego aqui. Além do barulho dia e noite, e do fedor, temos que conviver com carrapatos e pulgas que invadem a minha casa, comprometendo a saúde das crianças e a nossa também”, desabafou.

Ele também conta que não pode abrir as janelas de sua casa devido ao fedor que vem da casa vizinha. “É um fedor tremendo. Do lado do muro fica a janela do quarto dos meus filhos com idade de 7 e de 14 anos de idade, e a do meu. Nessa lateral não conseguimos sequer abrir a janela, porque o fedor é muito intenso. Sem contar que passam muitos ratos vindos de lá”, concluiu Vidal.

Ao lado da casa também fica uma clínica médica, que também sofre com o odor e a presença de insetos. “Temos uma rotina intensa de limpeza para poder eliminar o mau cheiro e os carrapatos que vêm de lá, sem contar que o barulho dos latidos compromete os atendimentos nos consultórios”, declarou uma das funcionárias que preferiu não se identificar.

Vizinho gravou vídeo para mostrar o barulho de latidos que chega em sua casa

No local, a proprietária da casa não quis gravar com nossa equipe de reportagem. Mas disse que está fazendo o papel do estado em acolher os animais. Ela também contou que já fez uma solicitação à Prefeitura de Macapá de um espaço que pudesse abrigar os animais, mas que nunca teve retorno. Ao ser perguntada sobre a quantidade de animais que o local abriga, ela só disse ter “o suficiente para incomodar os vizinhos”.

A reportagem do portal também entrou em contato com a Vigilância Ambiental do município, mas até o fechamento da matéria não obtivemos retorno.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo