Polícia

Oiapoque: PC prende um dos maiores traficantes internacional de drogas e de pessoas da região

Após dois meses de investigações, a Polícia Civil do município de Oiapoque – distante a 590 quilômetros de Macapá, com o apoio da Polícia Nacional Francesa, prendeu um dos maiores coiotes da região.

Material apreendido

O homem identificado como Francelino de Souza Castro, de 46 anos, também é acusado de ser um dos maiores traficantes internacional de drogas. A ação aconteceu neste sábado, 10.

Equipe estava investigando a pelo menos 2 meses

Além de Francelino, outros três coiotes que também faziam imigração ilegal de pessoas foram capturados, três embarcações e 26 mil euros em espécie apreendidos.

Francelino foi levado a delegacia

De acordo com o delegado Charles Corrêa, titular da DP daquela cidade e que chefiou a operação, com as prisões e apreensões, o crime organizado na fronteira teve um prejuízo de quase R$ 350 mil.

A fiscalização foi intensa

“A Organização da Nações Unidas, a ONU, estipulou o mês de julho como o mês de conscientização da campanha Coração Azul, que visa combater o tráfico de pessoas que atenta contra a dignidade da pessoa humana. Além disso, nós estamos também na operação Hórus. Ontem fizemos uma fiscalização muito intensa para combater o tráfico de pessoas e conseguimos capturar um coiote que estava promovendo imigração ilegal de cubanos, haitianos, do Suriname, da Guiana Francesa, para o território brasileiro. Capturamos ainda, outros coiotes. Realizamos patrulha fluvial, uma inteligência prévia, estávamos atrás desse alvo a cerca de dois meses. Além de ser um traficante de pessoas, é suspeito de ser um dos maiores traficantes de drogas da fronteira. Segundo nossa inteligência, ele abastece facções criminosas do Amapá. Esse criminoso é suspeito também, de ter participado do homicídio de um taxista”, detalhou Corrêa.

Os criminosos foram conduzidos para a delegacia, onde, segundo a autoridade policial, foram autuados por migração ilegal e atentando a segurança do transporte fluvial marítimo.

Equipe da PC de Oiapoque

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo