AmapáEsporte

Alunos de projeto social da PM se classificam para campeonato Pan-americano de Wrestling

Três atletas do Projeto Social Nocauteando as Drogas e Finalizando a Violência, desenvolvido pelo 2° Batalhão da Policia Militar, conseguiram vaga para disputar o Campeonato Pan-americano Cadete e Júnior de Wrestling 2021. Essa é a primeira vez que atletas amapaenses da modalidade conquistam vagas no Campeonato, que acontecerá em Oaxtepec, no México.

Equipe

A equipe amapaense que foi composta por 12 atletas chegou em cinco finais, alcançando vitória em três. Os adolescentes João Neto de 16 e João Pedro de 14 anos, foram campeões na modalidade Greco-Romana 60 e 45 quilos, respectivamente. Já Marcus Vinicius de 15 anos, foi campeão estilo livre 48 quilos. Ele contou um pouco da expectativa para participar do campeonato. “Minhas expectativas são as melhores possíveis, pretendo trazer as medalhas para o país e para meu Estado. Ter conseguido me classificar no Pan-americano é só o início, estou muito feliz e quero trazer felicidade para todos também”, disse Marcus.

Marcus quer trazer felicidade para todos

Ele, assim como muitos dos 700 jovens que já passaram pelo projeto, viram nos tatames uma forma de transformar suas vidas. “Antes do projeto estava muito parado eu era um garoto muito tímido, não falava com muitas pessoas o professor me ajudou bastante com isso, além das oportunidades que estou tendo de representar meu estado”, completou o atleta.

João Neto

O projeto que foi criado em 2013 busca através do esporte dar oportunidade a crianças e jovens em situação de risco e vulnerabilidade social, oferecendo aulas nas modalidades de luta olímpica, muay thai, MMA e jiu-jítsu. O fundador e coordenador da iniciativa, capitão Wanderson Pantoja, fala da satisfação de ver tantos jovens crescendo no esporte e se tornando pessoas de bem. “É muito gratificante poder proporcionar isso a essa garotada, jovens em situação de vulnerabilidade tendo oportunidades de ver o que o esporte pode oferecer a eles. Quando começamos em 2013 tínhamos apenas uma modalidade e desde então trabalhamos para evoluir e atingir metas. Em 2019 conseguimos nossa primeira medalha de ouro do estado nos jogos escolares, e estamos trabalhando para conquistar lugar de destaque no cenário nacional, e essa seletiva veio para comprovar que nosso projeto está no caminho certo”.

João Pedro

Para participar do projeto os jovens interessados devem procurar o 2º Batalhão, na zona norte de Macapá. E Wanderson já adianta “nosso sonho ainda não está completo, nosso objetivo agora é conquistar uma medalha internacional”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo