Polícia

Em Laranjal do Jari: detento em regime domiciliar morre ao trocar tiros com a PM

Uma intervenção policial, ocorrida na noite de ontem, 30, no município de Laranjal do Jari, no sul do Amapá, resultou na morte de um indivíduo acusado de vários crimes naquela cidade. Kilder Marques Bentes, de 25 anos de idade, foi alvejado depois de trocar tiros com uma equipe do 11° Batalhão da Polícia Militar. O confronto aconteceu por volta das 20h50, na Passagem Vagalume, no Centro de Laranjal do Jari.

Segundo informações, a polícia recebeu uma denúncia anônima, sobre o possível esconderijo de um criminoso de alta periculosidade e que estaria de posse de uma arma de fogo e colete balístico. Ainda de acordo com o denunciante, o mesmo estaria usando tornozeleira eletrônica.

Os policiais então foram averiguar a veracidade das informações. Ao chegarem no local, foram recebidos por uma mulher que se apresentou como proprietária do imóvel. Bastante nervosa, segundo a PM, ela não conseguiu esconder que algo de errado estava acontecendo. A equipe decidiu adentrar o recinto, mas logo foi surpreendida com tiros vindos do interior da casa. Houve revide e o suspeito foi baleado. O socorro médico foi acionado, mas quando a equipe do Corpo de Bombeiros chegou, Kilder já estava sem vida.

Durante a averiguação do nome dele junto ao sistema judiciário, os PMs constataram que Kilder estava cumprindo pena em regime domiciliar. Ele também tinha passagens pelos crimes de furto, roubo qualificado, homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo.

O corpo do criminoso foi removido pela Politec. A arma utilizada por ele para atirar nos militares, foi apreendida e apresentada na delegacia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo