Polícia

Polícia Civil prende homem que matou cachorro a pauladas

Agentes da Polícia Civil do Amapá, do Ciosp de Oiapoque, prendeu um homem em flagrante, acusado de matar um cachorro.
O homem suspeito cuida de cerca de 60 animais em sua propriedade, que alega ser uma ONG que está em processo de legalização. Empresários costumam doar alimentos e valores para ajudar na alimentação dos animais.
De acordo com o Delegado Charles Corrêa, uma testemunha ocular denunciou o fato.
“A testemunha ocular trouxe fotos e vídeos do cão morto e disse que o suspeito matou o cão com várias pauladas na cabeça e no corpo. Em seguida, arrastou o cão pelas patas até a divisa entre o terreno dele e o do vizinho, deixando o animal ao relento. De imediato, fomos ao local e acionamos a Politec. Informalmente, o suspeito disse que matou o cão porque ele estava muito velho, doente e teria sido atacado por outros cachorros. Porém, a testemunha desmente a versão alegada pelo suspeito. A testemunha alega que dá comida e água ao cão diariamente quando ele procura sua casa, inclusive, não havia sinais de que estava doente”, explicou o Delegado.
O suspeito foi preso em flagrante e, durante interrogatório, sua advogada disse que ele iria ficar em silêncio.
O homem preso será encaminhado à audiência de custódia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo