Covid-19

Santana cria protocolo para fiscalização de trafego em portos

Município está na faixa laranja de incidência da COVID-19

O Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19 no Amapá elaborou um protocolo sanitário para ser adotado na fiscalização e monitoramento do embarque e desembarque de passageiros nos portos do município de Santana. A ação tem o foco em passageiros vindos de Santarém no Pará, que está na rota de Manaus.

[metaslider id=1439 cssclass=””]

A ação conjunta com a Superintendência de Vigilância em Saúde, Capitania dos Portos, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar vai reforçar a vigilância geográfica e o controle de tripulação para minimizar os riscos de infecção pelo coronavírus.

O prefeito de Santana, Bala Rocha, destacou que vai expandir as ações com a elaboração do protocolo sanitário para a região portuária.
“Uma das medidas, por exemplo, será reunir com os proprietários e comandantes de embarcações para que eles adotem as medidas de prevenção. Outra medida importante, será reduzir a capacidade de transporte de passageiros, diminuindo assim o risco de contágio”, pontuou o prefeito.

O superintendente de Vigilância em Saúde, Dorinaldo Malafaia, enfatizou a importância da necessidade de maior fiscalização da região portuária. “Primeira medida é controlar e desestimular o tráfego de pacientes assintomáticos e sintomáticos para a covid-19, na rota de Manaus para o Amapá. Essa barreira é necessária nesse momento”, concluiu.

[metaslider id=596 cssclass=””]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo