Polícia

Assaltante diz que roubava porque era ameaçado pelo marido da amante que está no Iapen

Um homem de 25 anos, que estava com um mandado em aberto, foi preso na manhã de hoje, 28, por agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio (DECCP) da Polícia Civil. Sidnei Pereira Cordeiro Filho foi localizado em sua residência, localizada no Morada das Palmeiras, na Zona Norte de Macapá.

Sidnei foi preso na Zona norte de Macapá

Segundo informações, o mesmo é apontado, juntamente com outros dois comparsas, como autor de pelo menos dois roubos. Um deles aconteceu no dia 30 de janeiro e o outro em 3 de fevereiro deste ano, em estabelecimentos comerciais. As ações criminosas foram flagradas pelos circuitos de segurança dos comércios.

“Nós chegamos no carro deste indivíduo, um HB20 de cor branca, através dos vídeos dos pontos comerciais. Conseguimos identificar a placa do veículo e localizar o endereço dele. Dois dias depois do segundo roubo, a Polícia Militar prendeu os dois comparsas dele com os celulares subtraídos das vítimas. Então, fomos juntando essas informações e descobrimos quem eram os autores desses assaltos” disse Glemerson Arandes, delegado da DECCP que preside o Inquérito Policial.

Delegado Glemerson preside o inquérito

A autoridade contou que, em depoimento, Sidnei negou as acusações, mesmo diantes das evidências, que são as gravações das câmeras de segurança dos comércios alvos dos bandidos.

“As imagens são claras e nítidas. Na primeira ação, ele desce do carro e executa o crime. Inclusive, segura um garoto que tenta correr. Já no segundo assalto, ele já desconfiado, fica no carro. Então, mesmo negando, temos provas suficientes, além do reconhecimento das vítimas”, garantiu o delegado.

Não tendo como confrontar os indícios, Sidnei, de acordo com Arandes, confessou sua participação, mas justificou dizendo que praticou os atos porque era ameaçado pelo marido de sua amante, que está recluso na penitenciária estadual.

“Ele diz que vinha sofrendo essas ameaças e que era coagido a fazer os roubos. Mas, não há nada, nenhuma mensagem ou ligação que comprove o que ele alega”, contou Glemerson.

Além de Sidnei, que já foi transferido para o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) a polícia identificou os comparsas dele, e está à procura de José Diego Pereira Almeida, de 19 anos de idade, que teve a pessoa preventiva decretada.

José Diego teve a prisão decretada

Conforme a Investigação, José Diego respondeu a atos Infracionais quando menor por receptação de veículo furto, posse de substâncias entorpecentes, porte ilegal de arma de fogo. Ele está na condição de foragido de Justiça.

O terceiro envolvido nos crimes,
Jonathan Castro de Brito, que também tem 19 anos, esteve na delegacia, no entanto, foi solto e irá responder em liberdade.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo