Amapá

Desembargador julga procedente ação que pede anulação de eleição do Sebrae

O desembargador Rommel Araújo julgou procedente a ação que pede a anulação da eleição da diretoria do Sebrae/Ap, referente ao biênio 2019/2022.

Ainda em dezembro de 2020 a juíza Elayne Cantuária também já tinha determinado a anulação.

De acordo com os requerentes a reunião extraordinária para as eleições continha vários vícios e o descumprimento de normas, e que todo o processo teria sido tratado através de grupo de whatsapp.

A eleição ocorreu em dezembro de 2018 para o preenchimento dos cargos de presidente do Conselho Deliberativo Estadual, diretor superintendente e dos membros da diretoria executiva.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo