Covid-19Macapá

Em Macapá, vacinação de idosos acima de 80 anos registra vários pontos de aglomeração

O município de Macapá deu inicio nesta sexta-feira, 05, a vacinação de idosos acima de 80 anos contra a covid-19. A imunização acontece em sete unidades básicas de saúde, e em duas quadras de escolas, no entanto quem foi em busca do serviço reclamou da aglomeração que se formou nos locais.

Na quadra da escola Alexandre Vaz Tavares os acompanhantes precisaram pegar cadeiras nas salas de aula para poderem acomodar os idosos e aguardar a hora da vacinação. “É um total desrespeito com nossos velhinhos. Primeiro ficamos do lado de fora esperando a direção abrir a escola, depois tive que buscar uma cadeira para que minha mãe pudesse se sentar e aguardar, e pra completar não fizeram o controle das pessoas e acabou com essa aglomeração de gente”, contou Catarina Amanajás que levou a mãe de 82 anos para vacinar.

Quadra da escola Alexandre Vaz Tavares

Na UBS Perpétuo Socorro os usuários tiveram que esperar do lado de fora da unidade que não comportava todos que aguardavam, gerando uma grande aglomeração na entrada da ubs. “Essa unidade é pequena e não comporta todos nós, enquanto eles tentam organizar lá dentro a gente fica nesse amontoado aqui fora”, declarou Robério Souto, que acompanhava o pai de 84 anos.

Fila da UBS Perpétuo Socorro

Em nota a Prefeitura de Macapá diz que desde as primeiras horas desta sexta-feira (05), está com suas equipes trabalhando na logística e organização da vacinação dos idosos, a fim de evitar tumulto e aglomeração durante esse processo, e finalizam a nota pedindo a colaboração da população com o cumprimento das medidas preventivas.

Confira nota na integra:
A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) esclarece que desde as primeiras horas desta sexta-feira (05), está com suas equipes trabalhando na logística e organização da vacinação dos idosos a partir de 80 anos, a fim de evitar tumulto e aglomeração durante esse processo.

Como estratégia para agilizar o fluxo da vacinação deste grupo, a Semsa disponibilizou nove pontos de atendimento na cidade, sendo sete Unidades Básicas de Saúde e duas quadras de escolas.

Pedimos a colaboração da população, com as medidas preventivas de disseminação do novo coronavírus, como cumprimento do distanciamento social, uso de máscara e higienização das mãos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo