Polícia

Granada e drogas são apreendidas em ação da DTE em Macapá

Na noite desta quarta-feira, 28, um homem de 32 anos foi preso pela equipe da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), da Polícia Civil, no bairro Buritizal – Zona Sul da cidade de Macapá.

Segundo o delegado Sidney Leite, titular da especializada, Claudecir Dias de Freitas, foi flagrado com uma granada de gás lacrimogêneo. Ainda com três tabletes grandes de crack, Skank e cocaína, totalizando três quilos de drogas.

Claudecir disse ser usuário

Claudecir foi detido na Avenida 13 de setembro, no bairro Buritizal, após um trabalho de investigação dos agentes da DTE, que durou duas semanas.

“Esse indivíduo já tem passagem pela penitenciária pelo crime de roubo. Saiu e, de fato estava trabalhando em um consultório odontológico, pois acompanhamos a rotina dele. Só que ele começou a pegar drogas e revender. Começou a fazer essa atividade praticamente sozinho”, disse Leite.

Delegado Sidney Leite, titular da especializada

A autoridade policial acredita que, mesmo iniciando no mercado por conta própria, o traficante seja integrante de alguma organização criminosa.

“Para nossa surpresa, quando encontramos o entorpecente, achamos também essa granada de gás lacrimogêneo. O que nos leva a crer que ele seja faccionado. Vamos aprofundar as investigações em cima dele”, garantiu o delegado.

Mochila onde estava a droga

De acordo com informações, as substâncias apreendidas em posse de Claudecir, estavam embaladas e armazenadas em uma mochila de cor preta, dentro o quarto do suspeito. A droga, segundo a avaliação da polícia, está estimada em quase R$ 60 mil.

Tentamos conversar com o preso. Em resposta a nossa equipe, ele alegou ser usuário de drogas e contou que guardava o produto a pedido de um traficante, com quem tinha uma dívida alta. A versão dele, não convenceu a polícia.

“Muitos indivíduos, pelo desconhecimento da lei, preferem dizer que são consumidores ou que estão guardando a droga, a confessarem que são os donos. Fazem isso por acreditarem que terão algum benefício. Não sabem que o crime de tráfico de drogas tem várias condutas. Então, seja proprietário, seja a pessoa que vende ou a que guarda, vai responder do mesmo jeito”, explicou a autoridade policial.

Claudecir foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e amanhã, 29, será encaminhado para a audiência de custódia. A Justiça vai decidir se ele será recolhido ao Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), ou se aguardará o julgamento em liberdade.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo