Polícia

Identificados criminosos que morreram em troca de tiros com a PM na Zona Sul de Macapá

Após terem sido removidos pela Polícia Científica, os dois assaltantes mortos em confronto com a Polícia Militar, no início da tarde ontem, 16, foram identificados como Raymak Santos de Oliveira, de 29 anos de idade e Ronaldo Mendes Nunes, de 20. Ambos detentores de uma extensa ficha criminal.

De acordo com informações, Raymak estava com um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio. Ele também respondia por roubo e tráfico de drogas, inclusive, no Estado do Maranhão.

Ramayk estava com mandado de prisão em aberto

Contra Ronaldo constava acusações de tráfico de entorpecentes, corrupção de menor e associação criminosa.

Ronaldo respondia a vários crimes

O terceiro indivíduo envolvido no confronto e que sobreviveu à troca de tiros, foi Eloian Cardoso Saraiva, de 21 anos. O mesmo responde por lesão corporal no Pará. O criminoso continua internado no Hospital de Emergências (HE) sob cuidados médicos.

Eloian responde a lesão corporal no Pará

Ao término da perícia, a polícia encontrou com os bandidos e dentro do veículo parte dos produtos roubados e três armas de fogo, sendo uma pistola ponto 40 e dois revólveres calibre 38. Todas municiadas.

O confronto

A troca de tiros entre os criminosos e a PM aconteceu por volta das 12h, após o trio ter roubado um estabelecimento comercial, localizado na Travessa 11, do bairro Provedor 2, no município de Santana.

De acordo com relatos, dois criminosos armados renderam proprietários e clientes do comércio, entre eles, uma senhora com um bebê de 11 meses de vida. Depois de humilhar e aterrorizar as vítimas, fugiram levando televisor, telefones celulares, notebook e a quantia de 10 mil reais em espécie. Antes de ir embora, um dos assaltantes efetuou um disparo na direção das pessoas que, por pouco, não foram atingidas.

Equipes do 4° Batalhão da Polícia Militar receberam a denúncia que os bandidos entraram em um carro de cor branca, modelo Mobi, em direção a AP-010. Próximo ao Igarapé da Fortaleza, na Rodovia JK, o veículo foi avistado. Foi dado sinal sonoro para que o mesmo parasse. O que não foi acatado. Houve então acompanhamento tático e pedido de apoio aos demais batalhões da PM. Guarnições do 1° e do BPRE fecharam o cerco. Durante o percurso, segundo os militares, os assaltantes disparam contra a viatura.

No bairro Jardim Marco Zero – Zona Sul de Macapá, na rua José Luiz Barata, o condutor do carro pulou do veículo em movimento. O carro colidiu com o muro de uma residência e os outros três ocupantes saltaram com as armas em punho, abrindo fogo contra as equipes, de acordo com o Boletim de Ocorrências (BO).

Na troca de tiros, os três criminosos foram alvejados. Raimak e Ronaldo morreram no local. Eloian ainda correu, mas caiu ferido a poucos metros e foi socorrido. No fim da ocorrência, a polícia descobriu que o motorista trabalhava com aplicativo e foi rendido ao ser acionado para uma corrida, na Zona Norte da capital amapaense, por um dos suspeitos. Ele foi obrigado a seguir para a cidade de Santana, onde os outros estavam.

Ainda de acordo com o que foi apurado, o endereço onde os assaltantes se abrigavam, na Travessa 12, do bairro Provedor 2, era o mesmo onde horas depois, equipes do Bope foram confrontadas por um foragido de Justiça. No tiroteio, o criminoso também se deu mal.

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo