Amapá

LMTE recebe multa histórica por conta do apagão no Amapá

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aplicou uma multa de R$ 3,6 milhões sobre a concessionária Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), por causa do apagão que deixou 13 dos 16 municípios do Amapá sem energia em novembro de 2020.

Segundo a Aneel, essa foi a maior multa já aplicada pela agência em sua história, sendo equivalente a 3,54% do valor da Receita Operacional Líquida no ano de 2020.

Transformador danificado à época

Em nota, a LMTE disse que irá recorrer da decisão da agência, e que as causas do apagão ainda estão sendo apuradas.

O apagão aconteceu no dia 3 de novembro de 2020, deixando 13 municípios do estado sem fornecimento de energia após um incêndio na subestação administrada pela concessionária na BR-156. A eletricidade só foi 100% restabelecida 22 dias depois.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo