Polícia

Mais de 18kg de drogas foram tirados de circulação pelas polícias de Laranja do Jari

Uma ação integrada entre as polícias Civil e Militar do Município de Laranjal do Jari – Sul do Amapá, culminou em uma das maiores apreensões de substâncias entorpecentes registradas naquela cidade até o momento. O bote certeiro aconteceu no fim da tarde desta terça-feira, 13, em uma região conhecida como Passarela Toscano, no bairro Santarém.

De acordo com o delegado Rômulo Viégas, titular da Delegacia de Laranjal do Jari, a equipe estava numa investigação, quando foi informada, através de uma denúncia anônima, sobre uma intensa comercialização de drogas que acontecia às proximidades.

“Estávamos em outra ocorrência, quando recebemos a informação de que alguns indivíduos estariam traficando uma grande quantidade de entorpecentes, em uma residência ali perto. Nós já temos um trabalho de combate ao tráfico de drogas neste município. Temos investigações em andamento, levantamento preliminares e coleta de informação. Pedimos então o apoio, acertamos com a equipe da Polícia Militar (PM) e decidimos ir para o local. Chegando em frente a casa que seria o alvo, sentimos um odor altamente forte, característicos de entorpecentes misturado com café, pois é uma prática que esses meliantes usam para encobrir o cheiro da substância. Quando entramos no imóvel, nos deparamos com os três homens manuseando o produto. Demos voz de prisão e não houve resistência por parte deles” detalhou Viégas.

Os suspeitos, que são velhos conhecidos da polícia, confessaram a prática delituosa e revelaram que são integrantes de uma organização criminosa atuante no Estado. De acordo com o delegado Rômulo, dois dos indivíduos revelaram ainda que ganhariam a quantia de r$ 7 mil para receber, guardar e ajudar na distribuição da droga.

Um total de aproximadamente 19 quilos de substâncias entorpecentes, sendo 2,482kg de maconha e 15,671kg de crack, foram apreendidos. O produto estava armazenado em uma mala de viagem. No local foram encontrados também material para diluir e embalar a droga, além de balança de precisão.

O suspeitos de 20, 23 e 27 anos de idade, foram conduzidos para a delegacia, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e por integrar organização criminosa. Amanhã, 14, devem ser encaminhados para a audiência de custódia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo