Amapá

Mais de mil segurados da Amprev podem ter o pagamento bloqueado se não regularizarem situação cadastral

Foto: Luana Braga


A Amapá Previdência (Amprev) está convocando os beneficiários que estão pendentes de regularização cadastral e prova de vida junto a Instituição. A medida se faz necessária para notificar os beneficiários para se regularizar no prazo de 24 de janeiro a 11/02 deste ano, de forma online, através do link Censo Previdenciário no site institucional amprev.ap.gov.br.
De acordo com o chefe da Divisão de Cadastro e Benefícios, Augusto Brito, de um total de 2.781 beneficiários, só 1.724 efetivaram o recadastramento, sendo 1.390 civis e 334 militares. Sendo que faltam 1.062 segurados que ainda não efetivaram o recadastramento, são 872 são civis e 190 são militares.

Augusto Brito: “Sem a regularização eles podem ficar sem receber”


“Atingimos apenas 62% do nosso público. Agora, no mês de fevereiro essas pessoas terão seu pagamento bloqueado, ou seja, tem o perigo de 1.062 segurados ficarem sem receber sua aposentadoria ou pensão”, alerta Brito.
Esta é terceira etapa do Censo Previdenciário para recadastramento e prova de vida dos beneficiários, que iniciou no período 01 à 30 de novembro (primeira etapa), já a segunda etapa ocorreu de 6 a 16 de dezembro.
O recadastramento deve ser feito online. O Edital está publicado na Edição do Diário Oficial nº7590 de 20 de janeiro de 2022, além da edição do Jornal de Circulação Local Diário do Amapá nº8239 de 21 de janeiro de 2022 e pode ser consultado no link: https://amprev.ap.gov.br/uploads/noticias/arquivos/EDITAL%20DE%20CONVOCA%C3%87%C3%83O%20BENEFICI%C3%81RIOS.pdf

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo