Covid-19Macapá

Mais uma vez vacinação de idosos é marcada por reclamações e filas gigantescas

A Prefeitura de Macapá está aplicando nesta terça-feira (11) a segunda dose em idosos acima de 64 anos, que tomaram a vacina Coronavac e estão com a vacinação atrasada. Mas assim como na segunda-feira (10) a ação foi marcada por muitas reclamações e filas quilométricas formadas com pelo menos 12h de antecedência do início dos atendimentos.

Nos cinco pontos de vacinação as filas foram formadas no dia anterior, na quadra da Igreja Jesus de Nazaré onde foi disponibilizado 300 doses do imunizante, a fila teve início às 17h30 da segunda-feira. João Carlos, de 45 anos, que levou a mãe para vacinar e informou que os funcionários deram senhas para as pessoas e as deixaram entrar. “Depois acabaram as senhas e tinham mais pessoas para serem vacinadas. Isso é inadmissível”, lamentou ele.

Os pontos de drive-truh receberam 250 doses cada, e com medo de ficar sem muitos motoristas dormiram nos carros para garantir que conseguiriam a vacina. “É muita humilhação a gente precisar dormir dentro de um carro pela falta de organização da prefeitura. A prioridade deveria ser sempre para as pessoas que estão com mais dias de atrasos”, desabafou Natália Oliveira, que aguardou 14 horas na fila para vacinar a mãe que deveria ter tomado a segunda dose no dia 24 de abril.

Em comunicado emitido nos perfis oficiais a prefeitura pediu a compreensão de todos, e disse que: “aqueles que não consigam se vacinar hoje, que aguardem a chegada de uma nova remessa do imunizante”.

Em Macapá pelo menos 3 mil pessoas ainda estão com a dose de vacina atrasada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo