Polícia

Polícia Civil deflagra operação para tratar sobre medidas protetivas em todo Amapá

Na manhã desta quinta-feira, 4, a Polícia Civil do Amapá, através da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) deflagrou a operação Penha III.

A ação que conta com o apoio da Divisão de Capturas, visa minitorar o andamento de medidas protetivas expedidas à mulheres vítimas de violência doméstica.

“Nós precisamos saber se essas medidas estão sendo respeitadas. Se o agressor continua importunando a vítima, se a vítima reatou o relacionamento após esse procedimento. Esses tipos de coisas, para garantirmos todo o apoio necessário a esta mulher. Conforme o que for constatado, nós oferecemos a ajuda ou solicitamos uma nova medida. É uma forma de esclarecer às vítimas os seus direitos e garantias asseguradas na Lei Maria da Penha”, disse a titular da DECCM, delegada Sandra Dantas.

Delegada Sandra Dantas, titular da DECCM

A terceira etapa da operação acontece simultaneamente nos 16 municípios do Estado do Amapá. O efetivo policial é composto em sua maior, por policial femininas.

“Como temos casos de violência sexual, procuramos compor nosso efetivo com policiais mulheres, para que essa vítima se sinta mais a vontade, mais amparada, menos constrangida”, explicou a autoridade policial.

Em novembro de 2020, a PC deflagrou a Operação Penha I, que abrangeu apenas a cidade de Santana. A segunda etapa, aconteceu na capital amapaense em Janeiro deste ano.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo