Polícia

Polícia procura por assassinos de homem que estava de capuz, touca ninja e um revólver

Até o momento, a Polícia Civil não tem informaçõe que possam levar a autoria do crime que vitimou Weberte Tenório Cardoso, de 30 anos de idade, no município de Laranja do Jari.

A vítima foi encontrada morta em via pública, na Rua Usina, no bairro Malvinas, na noite da última quarta-feira, 24. Moradores disseram à polícia, que por volta das 22h ouviram disparos de arma de fogo antes de encontrarem Weberte caído no chão. Uma equipe do Corpo de Bombeiros ainda foi acionada, mas quando chegou ao local, a vítima já estava morta.

Um familiar de Weberte revelou aos militares que o mesmo pertencia a uma facção criminosa, porém, não soube dizer quem teria cometido o crime ou uma possível motivação.

Uma testemunha ocular do homicídio, a dona da casa onde Weberte estava, foi atingida na perna ao tentar impedir a execução. A mesma foi levada ao hospital da cidade e não corre risco de vida . Ela também não colaborou com a polícia nas informações.

Chamou a atenção da autoridades policiais a vestimenta da vítima. Weberte estava com roupas pretas, capuz e touca ninja. Uma arma de fogo, um revólver calibre 38, foi encontrada ao lado do corpo dele.

A polícia pede para que qualquer pista que leve ao paradeiro do assassino seja repassada ao 190.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo