Amapá

Casos de dengue aumentam 177% em fevereiro

Segundo os dados da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS-AP) o Amapá apresentou um crescimento de 177% dos casos de dengue comparados com o mesmo período de 2020. Trata-se de um número bastante expressivo e que requer o máximo de atenção das autoridades e da população.

Até a sétima semana epidemiológica de 2021, entre 14 e 20 de fevereiro, houve aumento de 31% no número de notificações de casos suspeitos de dengue em todo o estado do Amapá, comparando-se com a mesma semana epidemiológica de 2020. Mas o que realmente mais preocupou foram os casos confirmados. Até este período, em 2020, eram apenas 9 casos e agora já são 25, sendo a imensa maioria na capital Macapá, com 24 casos.

Já a chikungunya teve um aumento de notificações de 57%. No entanto, os casos confirmados reduziram em 50%. Já a zika, também transmitida pelo Aedes, teve uma redução em 77% no número de notificações e nenhum caso confirmado em 2020.

Para evitar a proliferação do Aedes aegypti é preciso eliminar qualquer depósito que possa acumular água que sirva de criadouro para o mosquito depositar suas larvas. Dedicar semanalmente 10 minutos para a vistoria e limpeza do quintal é ideal para o controle do inseto.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo