Covid-19Polícia

Servidor que vendia kits públicos de testagem de Covid-19 é indiciado pela Polícia Civil

A Polícia Civil do Estado do Amapá, indiciou nesta terça-feira, 23, um homem de 38 anos de idade pelos crimes de corrupção passiva e peculato.

Segundo foi apurado pelas investigações, um servidor da Superintendência em Vigilância em Saúde (SVS) foi flagrado vendendo kits públicos de testagem da COVID-19 a famílias carentes do Bairro Cidade Nova, no valor de cem reais por cada unidade.

O fato teria ocorrido no dia 03 e 05 de Junho de 2020, no auge da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com as investigações, uma família que havia acabado de perder um ente querido infectado pelo coronavírus, chegou a adquir oito kits de testagem do servidor investigado pelo valor de R$ 800,00 (oitocentos reais).

Para fazer a entrega dos testes o servidor ainda trajava uniforme oficial e conduzia veículo institucional. Um vizinho que estava inconformado com a situação resolveu fotografar o suspeito ingressando no veículo oficial após concluir a venda dos kits de testagem.

Após a denúncia a equipe da 6ª DP iniciou as investigações, colhendo a declaração de vítimas, testemunhas e juntando os elementos de informação que corroboravam com o que estava sendo alegado.

O Inquérito Policial foi concluído com o respectivo indiciamento do suspeito e encaminhado ao Poder Judiciário.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo