Política

Usina de oxigênio de Oiapoque começa a funcionar neste sábado. Articulação foi de Davi

Alcolumbre conseguiu 4 equipamentos para dar suporte a pacientes no Amapá

Entra em funcionamento neste sábado (17) a usina de oxigênio de Oiapoque, no Hospital Estadual localizado naquele município. O equipamento é fruto da articulação política do senador Davi Alcolumbre com o governo federal e foi estrategicamente pensado para atender também aos pacientes de cidades e lugarejos vizinhos, situados no extremo norte do Amapá.

Os técnicos estão trabalhando nos últimos ajustes para que a usina possa funcionar com a capacidade máxima, que é de gerar 20 metros cúbicos de oxigênio por hora.

Ao todo o Amapá recebeu três usinas de oxigênio para ajudar hospitais e unidades de saúde de
Macapá, Laranjal do Jari e Oiapoque. Todas elas tiveram a participação do senador Davi. A usina de Macapá, inclusive, foi doação de uma empresa privada a pedido do senador. Uma quarta usina de oxigênio, a ser instalada em Santana, está a caminho. E também foi um pedido de Alcolumbre à empresa privada.

RESULTADOS POSITIVOS

O governo do Amapá tem dado todo o suporte à questão sanitária. O governador Waldez Góes tem sido rápido e cuidadoso na alocação de pessoal para atendimento e na manutenção de equipamentos e controle de medicamentos.

Segundo Juan Mendes, secretário de Saúde do Amapá, a melhora na logística com a implementação das usinas já produz resultados positivos na luta contra a Covid-19 no estado.

“Nós já colhemos os primeiros frutos em relação ao funcionamento básico da usina de oxigênio. A expectativa de consumo, que era de 600 cilindros semanais destinados ao Laranjal do Jari e o próprio consumo da prefeitura de Macapá, que chegou a 170 cilindros por dia, nós temos agora uma média de consumo, nos últimos 3 dias, de apenas 15 cilindros. É o funcionamento da usina produzindo oxigênio, melhorando a assistência devido à logística implementada contra a covid-19”, sustenta o secretário.

LUTA SEM TRÉGUA

O senador Davi Alcolumbre tem concentrado todos os esforços na luta contra a pandemia, seja viabilizando as usinas de oxigênio, seja garantindo a chegada de insumos e medicamentos ao estado para o chamado kit intubação, seja solicitando aeronave da FAB para transportar os equipamentos ao Amapá. E acompanha de perto o envio e a distribuição das vacinas contra a Covid.

“Nossa luta em defesa da vida não vai parar.
Seguiremos trabalhando de domingo a domingo para salvar a vidas dos amapaenses. Seremos incansáveis no combate ao coronavírus. O foco é, e vai continuar sendo, a defesa da vida das pessoas”, garante Davi Alcolumbre. (Asscom).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo