AmapáPolítica

Com 29 anos de criação, município de Pedra Branca do Amapari avança em obras estruturantes e equipamentos sociais

O município de Pedra Branca do Amapari, distante 180 quilômetros da capital, recentemente comemorou 29 anos de criação, com o avanço de importantes obras estruturantes e criação de novos equipamentos sociais que tem promovido mais qualidade de vida a população.

Já nos primeiro meses de 2021 mulheres vítimas de violência passaram a contar com a Casa de Apoio à Mulher Amapariense que oferece serviços de assistência social e psicológica. Além de ações integradas com a Polícia Civil, Ministério Público e Tribunal de Justiça, com o objetivo de dar mais agilidade nos pedidos de medida protetiva, prevista na Lei Maria da Penha.

Quadra

Também foi recém-inaugurada a primeira quadra poliesportiva do município, e os prédios do Conselho Municipal de Saúde, e da Secretaria de Educação, que conta com câmara frigorifica para a conservação da merenda escolar, para quando as aulas presenciais retornarem. Enquanto isso não acontece, cada aluno da rede de publica de ensino recebe uma cesta básica para manter a segurança alimentar dos estudantes.

Em abril um pacote de obras de inverno, que garante a execução de pavimentação com blocos de concreto em vias dos bairros Reviver, Nova Colina e Açaizal foi assinado. Além da pavimentação, o projeto contempla os serviços de construção de calçadas, meio fio e sarjetas, executado com recurso do Programa Federal Calha Norte, adquirido por meio de emenda parlamentar do senador Davi Alcolumbre, no valor de mais de R$ 3 milhões. Também são realizadas obras de drenagem e asfaltamento no bairro Central.

A inauguração, ainda em 2019, do Centro de Diagnóstico fez com que o município assumisse um importante papel nesse período de pandemia. O centro que é equipado com tomógrafo, ultrassonografia 3D, RX, laboratório de analises clínicas e 4 consultórios odontológicos chegou a realizar 4.195 tomografias, atendendo pacientes de municípios vizinhos como Serra do Navio.

A prefeita Beth Pelaes (DEM), falou um pouco sobre a satisfação de ver o município avançando em áreas essenciais para a população “É um momento de extrema felicidade conseguir colher esses avanços, que são reflexos do trabalho incansável de toda a prefeitura e da nossa articulação junto a bancada federal para captar recursos”.

O município tem cerca de 16 mil habitantes e em nível econômico, se motorizou pelo recebimento de impostos provenientes da exploração mineral na região, em especial do ouro e minério de ferro. Na sede do município, o funcionalismo público, comércio e serviços movimentam a economia local.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo