Política

Kassyo Ramos assume presidência do PTB no Amapá

Kassyo Ramos assumiu nesta quarta-feira, 10, em Brasília, a presidência do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) no Amapá. Kassyo foi candidato nas últimas eleições para deputado federal pelo DEM e teve 1,1% dos votos válidos, cerca de 4008 votos totalizados. Em entrevista ao Portal Alyne Kaiser, Kassyo falou sobre as eleições 2022 e garante que o PTB é Jaime Nunes e deve contar com apoio também do pastor Guaracy.

O novo presidente do PTB-AP tem 41 anos e é de uma família tradicional amapaense. Seu tio  Paulo José já foi deputado estadual e atualmente, seus primos, Paulinho Ramos (PL) tem mandato na Assembleia Legislativa e Adriana Ramos (PSC) é vereadora. O pai dele, Jupiran da Silva Ramos, também já foi candidato a deputado estadual pelo PPS.

“Agradeço a Deus e também ao ex-presidente do PTB, Eduardo Seabra, que acreditou em mim. Ele será nosso presidente de honra. Quando não temos mandato fica muito difícil presidir um partido, mas com trabalho, assumi a presidência, com devido apoio de meus colegas de partido”, disse Kassyo.

Ele também agradeceu ao presidente nacional do PTB, Roberto Jeferson, e diz que tem seu apoio . “O presidente Roberto Jeferson pediu para unirmos forças para alavancar ainda mais o partido em nosso Amapá,  com novas ideias e nunca saindo, claro, da ideologia do partido”, acrescentou Kassyo.

O PTB já tem 26 candidatos à estadual para o pleito de 2022 e 8 à federal. O PTB do Amapá, atualmente, está sem representação na Câmara dos Deputados, na Câmara Municipal de Macapá e na Assembleia Legislativa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo