AmapáAmapáBrasilPolíticaPolítica e Economia

Ministro garante a Randolfe transporte de oxigênio, leitos e medicamentos ao Amapá

Em audiência pública realizada nesta segunda-feira (29) no Senado Federal por meio de sessão remota, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, garantiu ao senador Randolfe Rodrigues (REDE) providências sobre o fornecimento de oxigênio, leitos e medicamentos para o tratamento de pacientes com Covid-19 no Amapá.

Os questionamentos feitos pelo parlamentar ao ministro foram motivados, principalmente, após a publicação de portaria nesta segunda-feira, no Diário Oficial da União, da destinação de R$ 44 milhões do MS para a abertura de leitos em 14 estados da federação. O pacote financeiro não contempla o estado do Amapá, que começa a viver uma situação de colapso com a ocupação de 100% dos leitos de UTI de sua rede hospitalar.

Sobre o oxigênio ofertado pela Embaixada da Venezuela, o ministro confirmou já ter conhecimento da disponibilidade e que estuda como realizar o transporte da carga. São 3 mil cilindros de oxigênio hospitalar e seria necessário um prazo de até 17 dias para o deslocamento feito por aeronaves da Força Aérea Brasileira.

A proposta do MS, segundo o ministro, é fazer o transporte por avião contratado, no caso uma aeronave cargueira ou mesmo por embarcação.

Sobre o pedido de mais leitos de UTI no estado, o ministro disse não ter recebido pedido oficial para a habilitação de novos leitos no Amapá. E que a única tratativa sobre o tema até o momento teria sido a feita pelo senador.

“Na mesma hora, o ministro Marcelo Queiroga nos informou que vai tomar providências. Ele inclusive encaminhou a solicitação ao secretário executivo do MS, Rodrigo Cruz, para incluir no planejamento do ministério a liberação de novos leitos de UTI no Amapá”, disse o senador Randolfe.

O diretor do departamento de logística do MS ainda informou a Randolfe sobre a chegada, até a noite de terça-feira (30), de 2.650 caixas de rocurônio ao estado. O medicamento é usado para facilitar a intubação e a respiração artificial de pacientes com Covid-19 em UTI’s. (Júlio Miragaia)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo