Polícia

PC deflagra operação para prender estelionatários no Amapá

PC deflagra operação para prender estelionatários no Amapá

Agentes da Polícia Civil do Amapá deflagraram nesta quinta-feira, 14, a operação Mercadores de Ilusões, contra uma empresa de consórcios suspeita de estelionato.

Ao todo foram cumpridos seis mandados de prisão em três cidades, além de cinco mandados de busca e apreensão.

Nesta primeira fase dois alvos são de Macapá, três do Rio de Janeiro e um de Vitória, no Espírito Santo.

De acordo com a investigação, as pessoas eram atraídas para os consórcios com a falsa promessa de cartas de crédito com contemplação, para aquisição de veículos, imóveis e outros bens.

No entanto, as denúncias relataram que depois que o pagamento inicial era feito e o prazo previsto para recebimento da linha de crédito terminava, os consumidores não recebiam nenhum valor ou a devolução dos lances.

Há suspeitas do golpe também nos estados de Bahia, Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Minas Gerais.

A ação é comandada pela Delegacia do Consumidor (Deccon) do Amapá e tem apoio da Delegacia de Combate ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DCOC-LD) do Rio de Janeiro.

O delegado Leonardo Borges, titular da DCOC-LD, informou que todos os três mandados de prisão na cidade foram cumpridos e buscas foram feitas na sede da empresa, no Centro do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira.

De acordo com a Civil, até o momento 26 vítimas do golpe foram identificadas, a maioria de baixa renda. Somente no Amapá, o prejuízo aos consumidores foi mais de R$ 150 mil.

Em nota a diretoria da Multimarcas Consórcios, com sede em Belo Horizonte/MG, esclarece que a empresa não foi comunicada oficialmente sobre a operação policial realizada nos estados do Amapá e do Rio de Janeiro porque não é ré no processo judicial que estaria apurando a atuação de representantes comerciais terceirizados. Portanto, a Multimarcas Consórcios não pode se pronunciar sobre o fato em questão.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo