Polícia

Policiais Penais organizam manifestação contra retorno de visitas ao Iapen e falta de vacina para profissionais

O Sindicato dos Policiais Penais do Amapá (SINPP) organiza para a próxima sexta-feira (23), a partir das 7h30, uma carreata em manifestação a decisão da Vara de Execuções Penais do Amapá (VEP/AP), que se manifestou a favor do retorno das Visitas de Familiares ao Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (IAPEN) e a exclusão da categoria da vacinação contra a Covid-19.

Segundo o sindicato o Ministério Público do Amapá (MP/AP) recomendou ao Executivo a exclusão da Polícia Penal do cronograma de vacinação por não reconhecê-los como integrantes das Forças de Segurança Pública do Estado que se encontram na linha de frente do combate ao coronavírus.

Mesmo com a manifestação do sindicato a argumentação não foi aceita. “Com a revogação da suspensão das visitas de familiares, não há como manter o distanciamento social e tão pouco assegurar que o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel seja respeitado dentro dos pavilhões. Cada pavilhão tem em média 100 a 400 internos e normalmente, aos finais de semana recebe aproximadamente 800 visitantes por dia” disse Mesquita Machado, presidente do sindicato.

Na recomendação do Ministério Público fica estabelecido que para receber o imunizante, os integrantes das Forças Armadas, de segurança e salvamento devem estar envolvidos no atendimento e transporte de pacientes e em resgates e atendimento pré-hospitalar, assim como os que atuam em ações de vacinação e de implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, que demandem contato com o público.

Os MPs reforçam que os demais trabalhadores, que não atuam na linha de frente, deverão ser vacinados de acordo com o andamento da campanha nacional de vacinação, dizendo ser indispensável seguir critérios objetivos e impessoais para escolha dos trabalhadores, diante do número insuficiente de doses das vacinas.

A vacinação dos Policiais Penais chegou a iniciar, mas foi suspenso, com apenas 42 servidores vacinados de um total de 950 atuando no Sistema Prisional do Amapá.

Saiba mais:

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo